Operação de fim de ano flagra mais de 36 mil motoristas acima da velocidade segundo PRF.

05 JAN 2018
05 de Janeiro de 2018
Órgão também registrou 3.208 motoristas realizando ultrapassagens irregulares nas rodovias federais. Entre os dias 29 de dezembro de 2017 e 01 de janeiro de 2018, foram 183 acidentes graves em todo o País.
No feriado de Ano Novo, entre os dias 29 de dezembro de 2017 e 01 de janeiro de 2018, a polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 36.724 flagrantes de excesso de velocidade em rodovias federais de todo o Brasil. Durante os quatro dias da Operação Rodovida etapa Ano Novo, a PRF focou sua fiscalização no combate a condutas como: ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade e direção após o consumo de álcool.Neste mesmo período a PRF registrou 3.208 motoristas realizando ultrapassagens irregulares nas rodovias federais. As ações de fiscalização do órgão também focaram a alcoolemia ao volante – durante os quatro dias foram 565 autos de infração para motoristas que dirigiram após ingerir bebida alcoólica, um flagrante de condutor embriagado a cada 42 testes com etilômetro (bafômetro) realizados pela PRF.Outros 1.646 motoristas foram flagrados sem cinto de segurança. Durante as fiscalizações, a PRF também emitiu 257 autos de infração para motociclistas sem capacete e 308 motoristas foram flagrados trafegando com crianças sem o dispositivo de segurança (cadeirinha).Mesmo com ações de educação para o trânsito, nas quais policiais rodoviários federais alertam os motoristas sobre condutas que podem resultar em acidentes, o órgão contabilizou 987 acidentes em rodovias federais. Destes, 183 foram acidentes graves (quando resultam em, pelo menos, um óbito ou um ferido gravemente). Esses acidentes resultaram em 1.008 feridos e 67 mortos.Comparativos – Como em 2016 o feriado de Ano novo se deu em um domingo, a PRF não recomenda a realização de comparações simples com o ano anterior. Na ocasião, durante o período de quatro dias (30 de dezembro de 2016 a 02 de janeiro de 2017) foram registrados pela PRF 1.081 acidentes, com 1.130 pessoas feridas e 87 mortes.Natal 2017 – Durante os quatro dias da etapa de Feriado de Natal da Operação Rodovida (22 a 25 de dezembro de 2017) a PRF registrou 1.352 acidentes, 252 acidentes graves, 1.320 feridos e 79 mortos em decorrência de acidentes de trânsito em rodovias federais.(link para balanço Natal 2017 - https://goo.gl/8qLPfQ) Esforço de fiscalização – Durante os quatro dias da etapa Ano Novo da Operação Rodovida, a PRF fiscalizou 36.665 pessoas e 35.670 veículos em todo o Brasil. Os policiais rodoviários federais também realizaram 23.606 testes com etilômetro (bafômetro). As ações de educação para o trânsito alcançaram 12.366 motoristas.Rodovida – Criada em 2011, a Operação Rodovida é uma ação do governo federal, coordenada pela Casa Civil e capitaneada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Polícia Rodoviária Federal. Conta com ações dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes.Acontecendo em período de maior fluxo rodoviário (comemorações de final de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval), época em que milhões de brasileiros pegam a estrada, com aumento de fluxo de veículos em praticamente todas as regiões do Brasil, a Operação Rodovida priorizará ações integradas e simultâneas, envolvendo diversas agências de fiscalização, com atuação coordenada e sistêmica, dentro dos respectivos eixos de competência, com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes.Em paralelo às ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal e instituições de segurança pública, os ministérios da Justiça, das Cidades, dos Transportes e da Saúde promoverão companhas publicitárias de conscientização em todo o Brasil. A operação seguirá até 18 de fevereiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.Contato com Assessorias Regionais de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal https://goo.gl/urVYE7
Fonte PRF
Voltar